Sunday, December 09, 2018

 

Revolução 2018

Voltando atrás às últimas eleições de 2017 Globalismo contra nacionalismo no segundo turno na França - Época 24/04/2017 - Macron é o representante do globalismo ou do “cosmopolitismo”. Ele se apresentou como o mais europeu de todos os 11 candidatos https://epoca.globo.com/mundo/noticia/2017/04/globalismo-contra-nacionalismo-no-segundo-turno-na-franca.html A análise/previsão antes da segunda volta em Maio 2017(com a maioria dos partidos,em especial os dois do poder habitual, a apoiar Macron) no link a seguir https://www.abrilabril.pt/franca-presidenciais-de-abrilmaio-e-legislativas-de-junho

Friday, February 02, 2018

 

Livros 2.0

"O mundo está dividido em três categorias: um grupo muito pequeno que produz os acontecimentos, um grupo um pouco maior que supervisiona a sua aplicação e garante que eles tenham lugar e, finalmente, a grande maioria, que não sabe nada do que realmente acontece."- Nicholas Murray Butler in Agostino Nobile, Governados Pela Mentira, pp.26-27 ---------------------------------------------------------------------------------------------- meu novo blog aqui http://bilder-livros.blogs.sapo.pt/livros-nom-nwo-402

Friday, September 01, 2017

 

A Revolução Planeada

http://www.bibliotecapleyades.net/ciencia/ciencia_conscioussociopol22.htm ----------------------------------------------------------------Una Revolución Planificada Si aceptamos como cierta la premisa de que la crisis ha sido creada y pre-diseñada por una élite financiera, entonces aceptaremos también que ésta élite dispone de los recursos necesarios para provocar esa crisis cuándo y cómo le convenga. Es decir, van un paso por delante del resto de nosotros debido a que poseen información privilegiada y una posición ventajosa. Y por lo tanto, si planifican de antemano el estallido de esta crisis, también pueden estudiar anticipadamente cuáles serán los efectos que la crisis provocará: como afectará a la economía de cada país, de cada corporación y cuál será la respuesta de la población en cada región del planeta, teniendo en cuenta los factores culturales y socioeconómicos de cada coyuntura específica. Por su posición, es de suponer que disponen de la información necesaria para aplicar modelos predictivos con fines de ingeniería social. Así pues, es lógico pensar que si inician una maniobra que saben positivamente que provocará una revuelta social, se prepararán adecuadamente para canalizar esa revuelta en pos de sus mejores intereses y que no lo dejarán todo en manos de la improvisación y la suerte. Pensar lo contrario sería ridículo. No seamos inocentes... Al crear esta crisis sabían perfectamente cuál sería la reacción de la población; sabían perfectamente que llegaríamos a este punto de ebullición social y sabían perfectamente cómo tenían que reconducir la situación. Y reconducir la situación significa adelantarse a los acontecimientos; crear anticipadamente los movimientos clave que vehicularán la respuesta de la población y promover a los líderes de tales movimientos, dotándoles de recursos que les ofrezcan una posición de ventaja sobre los posibles líderes y movimientos que puedan aparecer de forma espontánea. El objetivo es convertir los elementos controlados por ellos en los referentes que arrastren a las masas, desplazando a los espontáneos a posiciones marginales. Dicho de otra manera: esos líderes deben conducir al rebaño para que no se descontrole. A mucha gente le puede parecer imposible gestionar maniobras tan complejas como la creación de líderes y movimientos manipulados. Pensarán que eso implicaría a demasiadas personas y que sería imposible mantenerlo en secreto. Pero en realidad no es tan difícil. Todo gira alrededor de una correcta gestión de la información…(continua no link acima do biblioteca pleyades)E o caos planeado vai para além do sistema económico/financeiro,vejamos aqui http://www.nunes3373.com/news/armadilhando-o-mundo-para-o-caos-2-destaque-brasil-eua-europa/----------------e aqui http://www.infomoney.com.br/blogs/economia-e-politica/economia-e-politica-direto-ao-ponto/post/5476997/por-que-george-soros-financia-movimentos-esquerda-entenda ---------------------- E mais(especialmente para quem fica surpreendido com o apoio capitalista ao esquerdismo)https://thoth3126.com.br/nazismo-e-comunismo-ambos-manipulados-pela-elite-capitalista/

Monday, March 13, 2017

 

Wednesday, December 21, 2016

 

Novo Mundo Universalista

Bem vindos ao "novo mundo" universalista,utópico(ou distópico) e pós moderno.Mas continuam a dizer que a Europa deve abrir(ouçam bem)ainda mais as portas em nome de um "humanismo"(já não a economia apenas) que mata sem descriminação e traz o caos. O condutor continua em fuga pelo que parece http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=855320

Thursday, November 10, 2016

 

O Regresso dos Estados Nação?

Um texto de Jacques Sapir que nos ajuda a reflectir sobre o que está a mudar: "Em geral, esta eleição baralha as cartas também para a União Europeia. Não é por acaso que o antigo Primeiro-Ministro italiano, Enrico Letta, diz que se trata do acontecimento mais importante depois da queda do muro de Berlim. As elites europeístas perderam um apoio decisivo na presidência americana, e isso sente-se tanto nas reacções de Juncker e Tusk, como nas de Angela Merkel ou François Hollande. Pelo contrário, as personalidades políticas que contestam este europeísmo, de Nigel Farage a Beppe Grillo, passando por Marine Le Pen, rejubilam com esta vitória de Donald Trump. Evidentemente, vai-se tentar entoar o famoso hino à Europa federal e procurar-se-á reavivar as chamas quase extintas da integração europeia. Porém, as divisões entre os Estados da UE não vão desaparecer por magia. Os interesses destes Estados vão permanecer como estão, opostos a qualquer integração. Vai mesmo ser preciso, mais tarde ou mais cedo, reconhecer as implicações disto e voltar à política das Nações o que, aliás, não exclui a cooperação e a amizade entre essas mesmas Nações. Se recusarem isto, os dirigentes europeístas assumem o risco de agravar a raiva que também cresce na União Europeia. Os atropelos à democracia foram demasiado numerosos e demasiado sistemáticos. Estes dirigentes correm o risco de conhecer, à sua escala e nas suas condições, a sorte de Hillary Clinton. Mas é pouco provável que compreendam que mudámos de época, decerto não por ter ocorrido esta eleição presidencial que é apenas mais um elemento da mudança, mas sobretudo porque vivemos hoje, e desde há dez anos, o grande regresso das Nações. Não há nada mais dramático do que ver as elites, sejam elas políticas ou culturais, agarrarem-se a uma visão do mundo que a realidade ultrapassou e desmentiu. Durante algum tempo, podemos viver numa bolha. Mas, num dado momento, esta bolha rebenta e vai ser preciso pagar caro o preço desse mundo de ilusões que foi construído." ************************************************************************************************************** Actualização em 18-12-2016(a propósito da tão badalada pós verdade na sequência da eleição de Trump): "O espetáculo em redor da palavra “pós-verdade” chega a ser cómico. Anda tudo indignado com as narrativas de Trump, que são imunes à verdade. Mas deixem-me fazer uma pergunta: onde é que andaram nas últimas décadas? O pós-verdade tem sido o ofício da esquerda pós-moderna. Desde os anos 60, a pós-modernidade não tem feito outra coisa senão destruir o conceito de verdade através de um relativismo epistemológico, moral e cultural. O pós-verdade tem sido o ar que respiramos. O vento apenas mudou de direção. No desrespeito pela verdade, a direita de Trump é idêntica à esquerda pós-moderna que nos apascentou nas últimas décadas." Henrique Raposo no jornal Expresso de 17-12-2016

Tuesday, September 20, 2016

 

ONU

O Papa Francisco e a chegada de um Governo Mundial centralizado ... www.anovaordemmundial.com/2015/04/o-papa-francisco-e-chegada-de-um.html 18/04/2015 - Um dos objetivos desta autoridade mundial, segundo Bento XVI, ... Tags: governo mundial, mudanças climáticas, ONU, Papa Bento XVI, Papa ... As Raízes Revolucionárias da ONU www.espada.eti.br/onu.asp 26/01/2006 - As Raízes Revolucionárias da ONU .... de que o Partido Comunista americano foi parcialmente financiado pela casa bancária J. P. Morgan. (Actualização em 12-12-2016)
Valha-nos S.Pancrácio,e nos livre de tantos "humanistas" (católicos e/ou ateus).Ouvi o inquilino de Belem já hoje na O-nu a mencionar o padre Malicias e o quanto os dois sonhavam em "salvar o mundo"(palavras do sr Marcelo)há 40 e tal anos atrás sem imaginarem que hoje teriam o Guterres(tuga que foge de pântanos nacionais para os pântanos internacionais)como secretário geral da O-nu(alucinação colectiva proto-maçónica e socialista global).

 

ONU

O Papa Francisco e a chegada de um Governo Mundial centralizado ... www.anovaordemmundial.com/2015/04/o-papa-francisco-e-chegada-de-um.html 18/04/2015 - Um dos objetivos desta autoridade mundial, segundo Bento XVI, ... Tags: governo mundial, mudanças climáticas, ONU, Papa Bento XVI, Papa ...
http://forum.outerspace.com.br/index.php?threads%2Fe-essa-imigra%C3%A7%C3%A3o-em-massa-pra-europa-s%C3%B3-eu-acho-que-vai-dar-merda.432071%2Fpage-3

This page is powered by Blogger. Isn't yours?